Adolescente de 12 anos é responsabilizada por morte de colega dentro de sala de aula

Escola Luiz de Camões, em Cachoeirinha, onde menina foi estrangulada (Foto: Reprodução)

O delegado Leonel Baldasso, da 1ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, remeterá à Justiça, nesta quarta-feira (22), o inquérito sobre a morte da estudante Marta Avelhaneda Gonçalves, de 14 anos, na Escola Estadual de Ensino Básico Luiz de Camões, no bairro Bom Princípio, na cidade.

De acordo com a investigação, apenas uma das três meninas envolvidas no caso será responsabilizada pela morte. Ela tem 12 anos e, segundo Baldasso, a adolescente asfixiou a colega. Ele relatou que depois do incidente a garota comentou com uma colega que teria “apertado o pescoço” de Marta, “mas que não era para contar para ninguém”.  “A menor cometeu ato infracional de homicídio doloso [quando há intenção de matar]”, afirmou o delegado. “Não tem como estrangular alguém sem querer, sem culpa”, acrescentou.

Ainda segundo Baldasso, se a agressora houvesse falado a verdade, em tese, poderia ter salvado a vida de Marta. “É plausível que se a equipe que socorreu a estudante soubesse que não era mal súbito, como foi informado, mas que se tratava de asfixia, poderia ter adotado outro protocolo e salvado a vida da vítima”, concluiu. Caberá, agora, ao Ministério Público e ao Poder Judiciário quais as medidas socioeducativas serão aplicadas. A investigação não prevê a responsabilização de servidores da escola no caso.

Caso

Marta Avelhaneda Gonçalves, de 14 anos morreu, na tarde de 8 de março, após se envolver em uma briga dentro de uma sala de aula, na Escola Estadual Luiz de Camões, em Cachoeirinha. A estudante discutia com uma colega de 12 anos. Após a briga, ela chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu. A agressora relatou que as duas haviam caído durante a briga, e Marta havia batido com a cabeça em uma mesa.

No dia seguinte, a Polícia Civil informou que o laudo do Departamento Médico Legal apontava que a estudante foi asfixiada e que músculos do pescoço foram lesionados. (Fabiane Christaldo/ O Sul)

 

 

 

The post Adolescente de 12 anos é responsabilizada por morte de colega dentro de sala de aula appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

691 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.