Andrigo: “Fiquei muito abalado por não conseguir render no Brasileirão”

O Internacional retomou as atividades nesta quinta-feira (26). Pela manhã, o treino voltou a ser realizado no CT do Parque Gigante em Porto Alegre. Os escolhidos para conceder a entrevista coletiva do dia foram os jovens Andrigo e Léo Ortiz.

De olho na estreia do Campeonato Gaúcho contra o Veranópolis, a expectativa dos garotos é que o clube repita a boa campanha do ano passado, que culminou no hexacampeonato. Especialmente para Andrigo, que foi considerado o melhor jogador da edição passada, inclusive marcando gol na final contra o Juventude, a competição pode ajudar os atletas a retomarem as boas atuações.

“Eu comecei muito bem no Gauchão, realmente, era a minha primeira temporada no profissional. É normal o jogador oscilar um pouco. Mas eu me cobro muito, sou um jogador muito sanguíneo, sempre quero ganhar e sempre quero estar jogando. Senti muito. No começo, fiquei muito abalado por não conseguir render no Brasileirão o que eu rendi no Gauchão. Isso são fases”, lamentou o camisa 20.

Filho de um dos maiores nomes da história do futsal do Rio Grande do Sul, Léo Ortiz subiu ao grupo profissional recentemente. Entretanto, vive a expectativa de ganhar as primeiras oportunidades com o técnico Antônio Carlos Zago, e, para isso, os conselhos do pai são fundamentais. “Ele (Ortiz) procura me dar vários conselhos, até não me elogia muito. Sempre procura ir nos pontos que eu tenho a melhorar no treino. Elogiar, às vezes, não agrega muito para quem tá querendo crescer, pra quem tá querendo evoluir. Isso é muito importante pra mim”, comentou o defensor.

O retornode D’Alessandro será muito importante para a reconstrução da equipe colorada. O camisa 10 e capitão volta, após uma temporada no River Plate, com a missão de recolocar o Inter na Série A e auxiliar no desenvolvimento dos jovens jogadores do elenco. “Em particular, gosto muito do D’Alessandro. Ele é um jogador parecido comigo, de querer estar sempre ganhando e disputando a bola. Ele é muito sanguíneo. É muito identificado com a torcida, é ídolo. Nos ajuda muito, não só com a experiência de ter sido multicampeão, mas pelo jeito que ele nos trata. A qualidade dele não se discute. Facilita muito jogar com ele”, afirmou Andrigo.

A estreia no Campeonato Gaúcho acontece no próximo domingo (29), diante da equipe do Veranópolis, fora de casa, às 17hs. A partida terá transmissão da Rádio Grenal, através do 95.9 fm, aplicativos para smartphones e site oficial.

Comentários