Consulte aqui seu local de votação

Fique atento para os documentos, horários e locais de votação. (Foto: Reprodução)

Neste domingo (2), os eleitores escolherão novos prefeitos e vereadores em todo o País. Mas fique atento, para votar você deve levar um documento de identificação com foto. O horário do pleito é das 8h às 17h.

Também é importante levar o título de eleitor. Apesar de não obrigatório, ele possui o número da seção eleitoral, facilitando a identificação da sala de votação.

Para saber onde vai votar consulte aqui o local de votação por meio do nome do eleitor ou

pelo número do título de eleitor.

 

Brasileiros no exterior

Ao brasileiro que possui domicílio eleitoral no exterior (Zona ZZ), o exercício do voto é exigido apenas nas eleições para presidente e vice-presidente da República.

Caso esteja ausente do seu domicílio eleitoral no dia da eleição ou impedido de comparecer ao local de votação, deverá justificar sua falta, mediante requerimento dirigido ao juiz da Zona Eleitoral do Exterior, a ser entregue à repartição consular ou à missão diplomática ou enviado pelos Correios (vide Serviços eleitorais no exterior/Justificativa eleitoral).

Aqueles que, embora residindo no exterior, mantenham seu domicílio eleitoral em município brasileiro continuam obrigados a votar em todas as eleições, devendo, portanto, justificar suas ausências às urnas enquanto estiverem fora do País (vide Serviços eleitorais no exterior/Justificativa eleitoral).

O eleitor pode justificar as ausências às eleições tantas vezes quantas forem necessárias, mas deve estar atento a eventual revisão do eleitorado no município onde for inscrito, pois, se não atender ao chamado da Justiça Eleitoral para esse fim, poderá ter seu título cancelado.

Cada ausência não justificada gera um débito com a Justiça Eleitoral e, enquanto não regularizada a situação, o eleitor estará sujeito a uma série de restrições, como a impossibilidade de obter a certidão de quitação eleitoral, ainda que o título esteja em situação “regular” (o eleitor pode estar apto para o exercício do voto, mas não estar quite com a Justiça Eleitoral). (Fabiane Christaldo/Redação O Sul)

Comentários

Comentários

181 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.