Dia dos Pais movimentará R$ 357 milhões em vendas no comércio gaúcho

Vilson Noer, presidente da AGV.

O Dia dos Pais movimentará no comércio do Rio Grande do Sul um equivalente a R$ 357 milhões com a compra de presentes. A expectativa é que o desempenho signifique um aumento de 3,2% mais do que as vendas de 2016, segundo a Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo.

Conforme o presidente da AGV, Vilson Noer o momento econômico e político, além do desemprego, refletem no comportamento, mas a queda da inflação e quedas de juros ajudam no estado anímico do consumidor. “Mesmo com todo este cenário, a pesquisa mostra que 63% dos gaúchos irão comprar presente para comemorar o Dia dos Pais, pois a data carrega um simbolismo muito forte”.

Na preferência dos pais entrevistados para ganharem de presente estão: roupas (50%), viagem (41,7%), perfumaria (33,3%), ingressos para shows e eventos (25%) e eletrônicos (16,7%).

O levantamento também aponta que 52,9% comprou o presente na primeira semana de agosto, e que 41,2% fará isso na véspera da data. Roupas (47,1%), o que ele pedir e perfumaria (17,6%), bebida (11,8%), livros, ingressos para shows e sapatos (5,9%) são os itens escolhidos para quem vai presentear os pais.

Os gaúchos estimam destinar entre R$ 113,00 a R$ 125,00. As lojas de rua são as eleitas (76,5%) para a compra do presente, sendo que a opção à vista (47,1%) e o cartão de crédito parcelado (35,3%) são formas preferidas para pagamento.

“A pesquisa também revelou que os gaúchos escolhem as lojas para comprar o presente pelo atendimento, preço, qualidade e condições de pagamento. Por isso, é tão importante que os lojistas estejam atentos mais uma vez, as necessidades dos consumidores”.

Comentários