Lava Jato anuncia devolução de 204 milhões de reais para a Petrobras

O MPF (Ministério Público Federal) no Paraná (MPF-PR) devolveu à Petrobras R$ 204,2 milhões recuperados por meio de acordos de colaboração e de leniências celebrados a partir da Operação Lava Jato. O dinheiro é resultado de 21 acordos, segundo o MPF. Destes, 18 são de colaboração premiada, celebrados com pessoas físicas, e três de leniência, que foram fechados com pessoas jurídicas.

O MPF informou que, até o momento, 70 acordos foram feitos no âmbito da Operação Lava Jato, além de seis acordos de leniência e de um Termo de Ajustamento de Conduta. Conforme o MPF, esta é a terceira e a maior devolução de recurso para a Petrobras dentro da Lava Jato. A primeira devolução foi feita em maio de 2015. O coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, o procurador da República Deltan Dallagnol, afirmou que não se pode considerar normal o que é anormal – ao falar sobre a corrupção. Ele também reforçou que a devolução de valores para as vítimas dos esquemas de corrupção deve ser a regra.

Comentários