Michel Temer não renuncia e exige investigação rápida

O presidente Michel Temer acaba de fazer um pronunciamento em que diz que não renuncia. Temer não conseguiu cumprir a extensa agenda que tinha se proposto para esta quinta-feira em que desejava aparentar “normalidade” e com os desdobramentos da Operação Patmos, com base na delação de Joesley Batista, da JBS. O presidente pediu resposta rápida às denuncias apuradas pela Polícia Federal.

Comentários