Em sua primeira visita oficial ao RS como presidente da República, Temer entrega ambulâncias e confirma a construção de um presídio federal de segurança máxima no Estado

Temer vistoria ambulância que será usada pelo Samu (Foto: Divulgação)

Em uma tentativa de afagar prefeitos em meio à crise econômica e de construir uma agenda positiva para melhorar a própria imagem, o presidente Michel Temer entregou nesta segunda-feira (09), em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, 61 ambulâncias ao Rio Grande do Sul. A cerimônia começou por volta das 11h no Parque de Exposições Assis Brasil.

Os veículos serão distribuídos para 61 municípios gaúchos e fazem parte de um total de 340 ambulâncias a serem entregues a 19 Estados. O investimento total é de R$ 67,6 milhões. As novas unidades ajudarão na renovação da frota do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

“Uma das marcas do nosso governo é o diálogo, que nos permitiu aprovar matérias complicadas. Confio muito no aspecto federativo. A União será forte se os Estados e os municípios forem fortes”, declarou Temer durante seu discurso. Ele ressaltou a importância para os Estados da lei de repatriação de recursos mantidos no exterior e destacou o diálogo com os governadores. “Se adotamos um critério para partilhar a multa com os Estados, temos que fazer o mesmo com os municípios”, declarou sob aplausos da plateia.

“Nós temos uma visão democrática do mundo e para o País. Por isso, sabemos que para governar é preciso do Legislativo. O governo tem tido apoio extraordinário do Congresso Nacional”, sustentou. O presidente também disse que é “uma satisfação vir ao Rio Grande do Sul, a terra dos pampas”. “A inflação foi controlada. Os juros estão caindo. O Brasil está recuperando a credibilidade. Brasileiros estão voltando a acreditar no País”, prosseguiu.

Presídio

Ao abordar a crise no sistema carcerário brasileiro, Temer confirmou a construção de um presídio federal de segurança máxima no RS. “Queremos construir aqui no Rio Grande do Sul um presídio federal de segurança máxima”, afirmou, sem dar mais detalhes. “Na segurança pública, a realidade atual nos leva à necessidade imperiosa de construir novos presídios”, justificou.

Essa foi a primeira visita oficial de Temer ao Estado desde que assumiu a Presidência da República. Ele chegou ao parque Assis Brasil acompanhado de ministros, entre eles Ricardo Barros, da Saúde, e Eliseu Padilha, da Casa Civil. O governador José Ivo Sartori, secretários de Estado, deputados e prefeitos, entre eles o de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, participam da solenidade.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Antes, Temer sobrevoou áreas inundadas nos municípios de Rolante e Riozinho. O rompimento de um açude na última quinta-feira (05), devido às fortes chuvas, deixou parte das cidades debaixo d’água.

Sartori

“Estamos vivendo um ciclo histórico que nos impõe desafios jamais vistos. É preciso ter coragem para enfrentar esses dias”, declarou o governador gaúcho em seu discurso. “Espero que todos tenhamos espírito público, bom senso e serenidade para encarar o futuro que queremos construir. Agradeço ao presidente pela visita e pela oportunidade de viabilizar a renegociação da dívida dos Estados. O Rio Grande do Sul é o Estado que mais fez mudanças e transformações. Fez seu dever de casa”, declarou Sartori.

“Não se preocupe com popularidade, presidente. Temos que fazer o que precisa ser feito neste momento histórico da vida do País”, concluiu o chefe do Executivo gaúcho.

Protesto

A Brigada Militar usou spray de pimenta para conter manifestantes que tentavam se aproximar do local onde Temer realizou a entrega das ambulâncias. Eles gritavam palavras de ordem contra o presidente e contra Sartori e queriam entrar no parque. A cerimônia foi aberta somente para convidados e para a imprensa. 

Os manifestantes também bloquearam a BR-116, em frente ao parque. Houve congestionamento e a situação ficou tensa no local. O trânsito foi liberado às 11h45min.

Comentários

Comentários

794 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.