O Grêmio perde para o Palmeiras por 3 a 1 e cai para a quarta colocação no Campeonato Brasileiro

FONTE: O SUL – http://www.osul.com.br/

O Grêmio enfrentou o Palmeiras neste domingo (22) na briga pela vice-liderança e também visando se aproximar mais do líder Corinthians. Mas o jogo, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro e marcado para as 17h, na Arena, em Porto Alegre, não teve o resultado esperado, terminando em derrota por 3 a 1.

Por conta do jogo com o Barcelona de Guayaquil, pela semifinal da Libertadores, que ocorre na próxima quarta-feira, no Equador, o tricolor de Renato Portaluppi entrou em campo com um time misto. O tricolor começou bem, mas não o suficiente para os gols aparecerem. A equipe parou na marcação paulista. O resultado foi um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances claras de gol.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou a campo com alterações: saiu Bruno Rodrigo, entrou Jailson. Renato deslocou Marcelo Oliveira para a zaga e Kaio para a lateral-esquerda. O segundo tempo gremista teve um apagão que resultou em ares de goleada, com um gol de Dudu aos 3 minutos, seguido por Moisés, aos 9 minutos e, pouco depois, o mesmo Dudu ainda fez mais um, aos 17. Michel, aos 33 minutos, descontou. Keno, apesar de não marcar, também incomodou bastante a defesa gremista.

Para Marcelo Oliveira, a equipe não jogou bem. “Não tem desculpa, temos que assumir a responsabilidade e não jogamos bem”, disse o jogador na saída do gramado.

O apagão também foi abordado. “Fizemos um grande 1º tempo. No 2º, entramos desligados, não pode acontecer. Agora é focar na quarta”, afirmou Rafael Thyere.

Michel, o autor do gol, afirmou que sentiu muito o jogo fisicamente. “Temos que melhorar muito. Temos uma batalha na próxima quarta”, completou. Michel, Bruno Henrique e Luan receberam cartão amarelo durante o jogo.

O técnico Renato Portaluppi aprovou o desempenho de Michel, mas disse que a equipe toda teve uma queda muito grande no segundo tempo. “Nem sempre vamos conseguir os resultados que queremos. Tô cansado desse assunto de preservar ou não preservar a equipe”, desabafou. Sobre a semifinal da Libertadores, afirmou que será diferente. “Vai ser outra equipe, outro espírito e outra confiança”, completou.

Com 50 pontos e campanhas similares, as duas equipes brigavam pela vice-liderança na tabela e trabalhavam para diminuir a distância para o líder Corinthians (59 pontos).

Agora, sem somar pontos, o tricolor gaúcho segue com 50 e cai para a quarta posição. Já o Palmeiras é o novo vice-líder, com 53 pontos, seguido pelo Santos, com a mesma pontuação, após ganhar do Atlético-GO em casa.

Na quarta-feira (25) o Grêmio enfrenta o Barcelona de Guayaquil, no Equador no estádio Monumental Banco Pichincha.

Ficha Técnica

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Paulo Victor, Bruno Rodrigo (Jailson), Rafael Thiere, M. Oliveira, Léo Moura, Kaio, Michel, Luan (Dionathã), Arroyo (Beto da Silva), Éverton, Jael.

Palmeiras – Técnico Alberto Valentim

Fernando Prass, Juninho, Edu Dracena, Mayke, Egídio, Bruno Henrique (Thiago Santos), Tchê Tchê, Moisés (Raphael Veiga), Dudu, Keno, Borja (Deyverson).

Arbitragem

Trio de Minas Gerais: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA) assistido por Guilherme Dias Camilo (FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer (CBF).

Comentários