O Inter voltou a decepcionar os colorados na reta final da Série B, com um empate em 2 a 2 contra o Luverdense-MT

FONTE: O SUL – http://www.osul.com.br/

Faltando apenas mais quatro rodadas para o final da edição 2017 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Inter voltou a decepcionar a sua torcida, ao empatar em 2 a 2 com o modesto Luverdense em Lucas do Rio Verde (MT). Os dois gols colorados foram marcados pelo atacante Leandro Damião, que passou a dividir com William Pottker a artilharia do time na competição.

Com esse resultado manteve a equipe no topo da tabela, com 63 pontos, mas adiou mais uma vez os planos colorados de garantir de forma antecipada o retorno à Primeira Divisão no ano que vem. A busca pela classificação matemática tem pela frente o Vila Nova-GO no estádio Beira-Rio (às 16h30min do próximo sábado), o Oeste-SP, o Goiás (ambos os duelos fora de casa) e o Guarani-SP em Porto Alegre.

Escalações

O Inter do técnico Guto Ferreira colocou em campo Danilo Fernandes, Cláudio Winck, Léo Ortiz, Thales, Uendel, Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Roberson), Eduardo Sasha (Camilo), William Pottker e Leandro Damião (Nico López).

Já o Luverdense, sob o comando de Júnior Rocha, escalou Diogo, Aderlan, Pablo, William, Paulinho, Ricardo, Marcos Aurélio (Alaor), Sérgio Mota (Guly), Douglas Baggio, Rafael Ratão (Cléo Silva) e Alfredo.

O jogo

Disputado abaixo de chuva, o confronto começou com um revés colorado: com apenas 55 segundos, Alfredo entrou na área pela direita e fez 1 a 0 para o Luverdense. Abusando de erros da defesa e do ataque, o Inter tentou compensar a desvantagem prematura com disposição para ir à meta adversária.

Aos 3 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio e Leandro Damião cabeceou forte, exigindo grande defesa do goleiro Diogo. Aos 7 minutos, nova investida pelo alto, com o capitão argentino fazendo mais uma assistência, encontrando dessa vez a cabeça de William Pottker, com a bola acertando o poste.

O ritmo da partida era acelerado e repleto de finalizações (seriam mais de 40 até o apito final), com os oponentes se revezando nas investidas. Na sequência, D’Ale tentou o empate em dois chutes da entrada da área que foram defendidos pelo arqueiro matogrossense.

Aos 14 minutos, Pottker disparou uma bomba e o goleiro fez uma defesa sensacional. Aos 17 minutos, Sérgio Mota arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave colorada. Aos 29 minutos, Rafael Ratão chutou à queima-roupa e Danilo Fernandes espalmou: no rebote, Alfredo concluiu, com perigo, para fora.

Aos 33 minutos, Pottker avançou até a linha de fundo pela esquerda e cruzou para Leandro Damião cabecear no canto direito, deslocando totalmente o goleiro, igualando assim o placar. Até o fim do primeiro tempo, o Inter criaria 14 oportunidades de virar o jogo, contra dez do Luverdense.

Aos 35 minutos, Cláudio Winck chutou de longe, para defesa de Diogo. Aos 39 minutos, Damião desviou de cabeça e o goleiro do Luverdense se esticou no canto esquerdo, alcançando a bola. Aos 42 minutos, D’Alessandro tentou mais uma vez o chute de fora da área, novamente nas mãos do goleiro. Aos 45 minutos, D’Ale cobrou escanteio e Aderlan quase marcou um gol-contra de cabeça.

A etapa complementar reservaria outra surpresa-relâmpago para o Inter. Com pouco mais de 1 minuto, Marcos Aurélio chutou rasteiro, no canto direito: 2 a 1 para o Luverdense. Por pouco, os anfitriões não ampliaram aos 5 minutos, em uma bola chutada por Sérgio Mota e que raspou a trave.

Aos trancos e barrancos, o Inter insistia. Aos 6 minutos, Cláudio Winck cruzou da direita, Uendel carimbou a defesa adversária e, na sobra, Damião apareceu para mandar para o fundo da rede, marcando pela oitava vez na Série B deste ano: coartilheiro do time na competição ao lado de Pottker, ele também anotou ali o seu 97º gol em 194 jogos com a camisa colorada. Em seguida, porém, uma lesão fez com que ele desse lugar a Nico López.

Mas o Luverdense não se entregava, voltando a assustar o Saci em diversos momentos. Aos 12 minutos, Ratão buscou o ângulo esquerdo, exigindo grande defesa. Aos 16 minutos, D’Alessandro fez uma lançamento na área para Pottker, que chutou de primeira, cruzado, para outra defesa incrível de Diogo.

Depois muita movimentação ofensiva durante boa parte do jogo, com dezenas de chutes gol de ambos os lados, a partida ficou mais cadenciada. Aos 42 minutos, novo susto para os colorados: Paulinho cobrou falta, acertando o travessão. O Inter ainda tentou algumas arrancadas mas não conseguiu voltar do Mato Grosso com três pontos na bagagem. O juiz ergueu o braço instantes após os 48 minutos.

Comentários