Pianista suíça Luísa Splett abre a série Nobres Recitais da Casa da Música

Luísa Splett (Foto: Divulgação)

No domingo (26), às 18h, a pianista suíça Luísa Splett apresenta o recital de abertura da temporada 2017 da série Nobres Recitais, promovido pela Casa da Música. Essa nova série de apresentações é uma continuação da série anterior, denominada Recitais Casa da Música, que vinha sendo apresentada tradicionalmente nos últimos anos. Mas a proposta continua a mesma: trazer ao público de Porto Alegre nomes reconhecidos da música erudita, o que inclui artistas brasileiros e internacionais.

Nesse sentido a artista escolhida para esse primeiro recital foi a pianista suíça Luísa Splett, considerada uma das mais destacadas de seu país na atualidade. O repertório que ela traz terá obras de Schubert (1797-1828), Frey (1889-1946), Mendelssohn (1809-1847) e Mussorgsky (1839-1881). O valor do ingresso, como nos anos anteriores, é espontâneo. A Casa da Música localiza-se na Rua Gonçalo de Carvalho, 22, próximo ao Shopping Total.

Série Nobres Recitais Casa da Música

Recital de piano com Luísa Splett (Suíça)
Obras de Schubert, Frey, Mendelssohn e Mussorgsky
Dia 26 de março, domingo, às 18h
Ingresso: valor espontâneo
Local: Rua Gonçalo de Carvalho, 22

Programa

Franz Schubert (1797-1828)
Improviso em dó menor, Op. 90, Nº 1

Emil Frey (1889-1946)
Variações sobre um tema hebreu, Op. 1

Felix Mendelssohn (1809-1847)
Fantasia em fá# menor, Op. 28
Con moto agitato
Allegro con moto
Presto

Modest Mussorgsky (1839-1881)
Quadros de uma exposição
Promenade (Passeio)
Gnomus (Gnomo)
Promenade (Passeio)
Il Vecchio Castello (O velho castelo)
Promenade (Passeio)
Tuileries (Tulherias)
Bydlo (Carro de Bois)
Promenade (Passeio)
Ballet des petits poussins dans leurs coques (Balé dos Pintinhos em suas Cascas de Ovos)
Samuel Goldenberg et Schmuyle
Promenade (Passeio)
Limoges, Le Marché (O Mercado em Limoges)
Catacombae, Sepulcrum Romanum (Catacumbas, Sepulcro Romano)
Cum Mortuis in Língua Mortua (Com os Mortos em Língua Morta)
La Cabane de Baba-Yaga sur de Pattes de Poule (A Cabana de Baba-Yaga sobre Patas de Galinha)
La Grande Porte de Kiev (A Grande Porta de Kiev)

Quem é

Natural de Winterhur, Luísa Splett é uma das mais destacadas pianistas suíças. É pós-graduada pelo Conservatório de São Petersburgo (Rússia) e concluiu o mestrado pela Universidad Mayor de Santiago (Chile) e o bacharelado pelo Conservatório de Zurich (Suíça), apresentando-se com frequência na Rússia, Estados Unidos e em vários países da Europa e América Latina.

Premiada no Concurso Internacional de Piano Cláudio Arrau (Chile/2004) e em outros concursos na Suíça, em 2011 fez a sua estreia no Carnegie Hall de Nova York, apresentando-se no Weil Hall.

Em 2014, lançou o seu primeiro cd, “Wie im Fluge”, com obras dos compositores russos Rimsky-Korsakov e Prokofiev, do alemão Hermann Goetz e dos suíços Martin Wendel e Alfred Felder. O seu segundo cd foi lançado em 2016 e é o primeiro volume da obra completa para piano do compositor suíço Emil Frey.

Desde outubro de 2012, Luísa Splett mora em Berlim, onde trabalha como professora e artista independente. Proveniente de uma família de músicos, iniciou seus estudos aos cinco anos e aos 14 integrava o trio “Da Capo”, com o qual conquistou o primeiro prêmio no Jecklin Festival e realizou seu debut na Tonhalle de Zurique. Entre seus professores estão Silvia Näsbom-Thellung e Karl-Andreas Kolly (Suíça), Yelena Scherbakova (Rússia/Chile) e Oleg Malov (Rússia). Além de pianista, Luísa é fluente em seis idiomas.

 

 

 

The post Pianista suíça Luísa Splett abre a série Nobres Recitais da Casa da Música appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.