Susepe vai implantar sistema de monitoramento por tornozeleira eletrônica para 600 presos na Região Sul do Estado

As tornozeleiras eletrônicas serão disponibilizadas para presos que cumprem pena nos presídios de Pelotas, Santa Vitória do Palmar, Canguçu, Jaguarão, Rio Grande e Camaquã.

FONTE: O SUL – http://www.osul.com.br/

A Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários) vai criar um centro para monitoramento de cerca de 600 presos da 5ª Região Penitenciária, em Pelotas, no Sul do Estado. De acordo com o diretor do Departamento de Segurança e Execução Penal, Ângelo Carneiro, a previsão é de que o novo centro comece a funcionar no início de 2018.

O delegado penitenciário Fernando Zacotegui explicou que a Susepe terá apoio do Poder Judiciário para adquirir mobiliário e computadores, além de executar reformas. As tornozeleiras eletrônicas serão disponibilizadas para presos que cumprem pena nos presídios de Pelotas, Santa Vitória do Palmar, Canguçu, Jaguarão, Rio Grande e Camaquã. Atualmente, o monitoramento eletrônico é feito por uma unidade em Santa Cruz do Sul.

O Estado, por meio da Vara de Execuções Criminais, adquiriu cem tornozeleiras eletrônicas para apenados do regime aberto e semiaberto da 5ª DPR. Cerca de 2,5 mil presos são controlados pelas unidades de monitoramento.

Comentários