Temporais causam estragos e deixam milhares de pessoas sem luz no Rio Grande do Sul

Diversas árvores caíram em Porto Alegre.

FONTE: O SUL – http://www.osul.com.br/

Mais de 320 mil pessoas ficaram sem luz no Rio Grande do Sul em razão dos temporais que atingiram diversos municípios gaúchos no fim da tarde de domingo (01). No início da tarde desta segunda-feira (02), a falta de energia ainda afetava 25 mil clientes da CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica), a maioria em Porto Alegre; 86 mil da RGE e 110 mil da RGE Sul.

A Defesa Civil do Estado informou que está distribuindo lonas e prestando auxílio para as famílias que tiveram as suas casas destruídas. Cerca de 1 mil residências foram destelhadas no RS. Duas pessoas morreram. Em Ijuí, no domingo, um homem de 65 anos morreu ao ter o seu carro atingido por uma árvore. Em Sapiranga, nesta segunda-feira, uma mulher de 28 anos, que estava em uma motocicleta, foi decapitada por um fio de alta tensão de um poste caído.

Em Porto Alegre, diversas árvores caíram, causando o bloqueio de vias, e várias ruas ficaram alagadas. A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) orienta o trânsito nesses locais. Os ônibus circulam normalmente na Capital. Já o trensurb teve a circulação interrompida até as 10h em razão da queda de uma árvore na rede aérea, em São Leopoldo.

Parte do telhado do Ginásio da Brigada Militar, no cruzamento da avenida Ipiranga com a rua Silva Só, foi arrancada pelo vento em Porto Alegre. No Circo da Rússia, na avenida Praia de Belas, cinco pessoas ficaram feridas após o desabamento da lona.

A Defesa Civil alertou os motoristas para que dirijam com atenção, já que muitas árvores caíram sobre a pista de diversas rodovias, assim como nas ruas das cidades atingidas pelas fortes chuvas e ventos de mais de 120 quilômetros por hora. Qualquer informação ou pedido de auxílio pode ser solicitado pelo telefone 199.

Comentários